Perdas com Fraudes Bancárias por meios eletrônicos chegam a 685 Milhões só em 2011

 

Roubo de senhas e trilha de cartões predominam

Segundo a FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) , os prejuízos bancários chegaram a 685 milhões de Reais somente em 2011 (até agora), com crescimento de 36% referente ao mesmo período do ano passado (2010) que foi de 504 milhões.

 

Em 2011 foram capturados vários piratas digitais, que utilizaram de artificios do tipo Email Contaminado para obter dinheiro da conta dos correntistas, Clonagem de Cartões, etc ..  O valor é incrível ! próximo de 1 bilhão, porém se o sistema eletrónico não fosse viável os bancos o teriam abandonado definitivamente.

 

 

No brasil, as perdas de fundos pelos correntistas são sempre cobertos pelos bancos, mesmo que estas perdas tenha sido causada por uma atitude incauta do usuário que pode permitir a entrada de um vírus no computador que vai roubá-lo, em todos os casos, os Bancos sempre devolvem o dinheiro perdido, e fica para polícia a responsabilidade de encontrar o dinheiro desviado da conta.

 

Segundo Wilson Gutierrez, diretor técnico da entidade,  a falta de uma legislação favorece os bandidos digitais e leis mais rígidas poderiam coibir o fenômeno de pirataria digital … porém, leis digitais sem cumprimento das mesmas não faz sentido nem traz benefício prático algum; Wilson afima ainda que os prejuizos se referem a operações externas, e que internamente os piratas digitais não conseguem o mesmo sucesso que tem roubando senhas dos usuários e consequentemente desviando o dinheiro dos mesmos por um computador comum; explorando a igenuidade do usuário do internet banking e captura de trilhas de cartões para clonagem futura.

 

 

Noticia Febraban PERDAS COM FRAUDES ELETRÔNICAS AUMENTAM 36% NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2011

 


 

Deixar uma resposta

Confirmação anti-spam *