A Internet desafia todas as fronteiras

 

A morte do Embaixador Americano Christopher Stevens na Líbia o mês passado ( setembro / 2012 ), acendeu a luz vermelha, nunca se questionou tanto a forma devastadora como a internet leva informações para todo Lugar.

 

 

No brasil, neste exato momento, centenas de políticos tentam todos ao mesmo tempo prender o diretor google Brasil, o motivo ? o google armazena no Youtube, blogspot, dezenas de vídeos ou blog de pessoas que criticam políticos … ora, eles não gostam críticas, menos ainda em época de eleição, então centenas de advogados se apressam para retirar materiais da internet (sem sucesso prático).

 

A Internet de fato, é como uma mosca atrevida que vai atravessando muros e entrando onde bem entender, sem fronteiras, sem perguntar se pode entrar, ela vai para onde a chamarem, sem questionar.

 

 

A Fronteira Econômica

 

A afronta financeira foi um dos primeiros problemas polêmicos (e a inda não resolvido), as gravadoras americanas, doidas por ver suas musicas na internet sendo baixadas sem pagar um centavo, pediram bloqueio de dezenas de websites, e até o fechamento total do Megaupload, o maior de todos.

 

Justo ou não, isto ainda não acabou, de fato, existem coisas pagas na Internet, igualzinho o mundo aqui fora, porém , na rede, aqueles que não podem pagar por uma música, ainda assim podem ouvi-la, procurando no buscador ou dando uma olhada no Youtube, onde se encontra praticamente tudo. E talvez seja esta a receita , quem pode pagar obtém algo para usar offline, e quem não pode, pode ter também de uma maneira talvez nem tão prática, mas ainda assim possível sem gastar nenhum centavo.

 

Isto se estende também para filmes, partituras, etc , nada detem a abelhuda Internet.

 

 

Fronteira Moral

 

Hoje estamos vivendo uma crise profunda no Oriente médio, o filme disponível no Youtube , criado por um diretor pouco expressivo, conseguiu agitar todo oriente médio, e causar a morte de um embaixador americano, o famigerado  “A INOCÊNCIA DOS MUÇULMANOS” , mesmo uma produção pequena, e pouco importante no ocidente, entrou de sola na asia, e os muçulmanos não gostaram disto, de fato, eles não entende nosso estilo de falar sobre tudo sem limites, as coisas não são lá, como aqui, é diferente de fato, e as cultuas atravessam fronteiras sem perguntar, sem pedir autorização.

filme : A Inocência dos Muçulmanos, proibido no Brasil

filme : A Inocência dos Muçulmanos, proibido no Brasil

As vezes as coias do outro lado também não são entendias aqui, é muito normal ter muitas esposas no oriente médio, mas aqui este assunto ainda é encarado com aversão, e existe até leis em alguns países para quem ousa querer cultivar isto, é repulsante ? mas no outro lado do mundo é a coisa mais normal … do mundo … não existe um filtro entre o oriente e ocidente que possa bloquear aquela cultura que não é suportada em outro lugar, e isto é um fato ! é global.

 

 

A Pergunta que não quer calar é: A Internet ficará como o mundo além dela já está ? cheia de regras e techas, ou , o mundo real terá que se curvar e ficar como a Internet, um lugar sem fronteiras, sem muros, onde todos podem comer do fruto da árvore do vizinho.

 

 


 

Deixar uma resposta

Confirmação anti-spam *