Plugin do bem ou do mal ?

Desde que surgiu o Windows (para aqueles que não tiveram contato com a tecnologia Apple), a microsoft começou a colocar coisas “automatizadas” em seus produtos, como macros, scripts, etc … Uma delas eram as Macros do Word e marco Excell que já aparecia no Microsoft Office 97, na época, 99% dos vírus eram produzidos para estas Macros que automatizavam o Microsoft Word e Microsoft Excel, uma ferramenta útil, utilizada também para programas nocivos.

 

A Microsoft acertou em querer modernizar seus produtos, e estes recursos que automatizam, anexam coisas a um aplicativo já se tornou recurso normal e obrigatório para software de qualidade.

 

Os plugins do navegador FireFox, Chrome, Internet Explorer (as vezes chamados de add-ons), também são utilizados por hackers , muitas vezes inserimos um MalWare no navegador, achando que está inserindo um plugin útil.

 

Performance ?

 

É uma boa pergunta ! A performance cai, bastante … sem dúvida o navegador fica mais lento, ainda mais quando um Plugin necessita fazer conexão a internet para trazer informações, como por exemplo, um plugin que mostre na barra do navegador informações que são lidas da internet a cada 30 segundos.

A coisa não é tão simples, porque a performance cai consideravelmente, as vezes facilita o travamento, diante disto, vale a pena deixar tudo nas mãos dos Plugins ?

 

 


 

Deixar uma resposta

Confirmação anti-spam *